soldas acamargo

A soldagem é um processo de união localizada de materiais, similares ou não, de forma permanente, baseada na ação de forças em escala atômica, é a forma mais importante de união permanente de peças usadas industrialmente.

Existem basicamente dois grandes grupos de processos de soldagem. O primeiro se baseia no uso de calor, aquecimento e fusão parcial das partes a serem unidas, denominado “processos de soldagem por fusão”. O segundo se baseia na deformação localizada das partes a serem unidas, que pode ser auxiliada pelo aquecimento dessas até uma temperatura inferior à temperatura de fusão, conhecido como “processos de soldagem por pressão”.

soldagem

soldagem a.camargo

Alguns processos foram desenvolvidos para aplicações muito específicas enquanto outros são flexíveis e podem ser utilizados em vários tipos de atividades, como para reparar e reconstruir componentes desgastados ou danificados.

Os equipamentos podem variar em tamanho e em complexidade, de acordo com os processos, os métodos de proteção usados e o tipo de consumível ou metal de adição utilizado. Veja algumas características de cada processo de soldagem:

 

Arco Submerso

Na soldagem por arco submerso um arco é formado entre a peça de trabalho e o final do consumível, onde ambos estão cobertos por uma camada de fluxo granular (daí o nome arco submerso). O arco fica portanto, escondido. Parte do fluxo é fundida gerando uma capa protetora sobre a poça de fusão da solda. O restante não fundido é recolhido para a reutilização.

O consumível utilizado é quase sempre um arame sólido, mas recentemente arames tubulares foram introduzidos. A soldagem por Arco Submerso é geralmente realizada com equipamentos automáticos, embora existam pistolas de soldagem manuais para o processo. É amplamente utilizado na fabricação de vasos de pressão, em plantas químicas, em estruturas pesadas, em reparação e na indústria de construção naval.

arco submerso

Corte Plasma

Esse processo utiliza um arco elétrico concentrado que derrete o material através de um feixe de plasma de alta temperatura. Todo material condutor pode ser cortado.

  • Moderna tecnologia para todos os materiais eletro-condutores, usados principalmente em aços estruturais, inoxidáveis e metais não ferrosos;
  • Baixo calor de distorção do metal devido ao arco de plasma densamente concentrado;
  • Eficiente em cortes em aços estruturais de até 30 mm, verticais e em chanfros;
  • Corte com a mais alta qualidade obtida com feixe de plasma ou método de plasma com injeção de água.

a.camargo soldas

Revestimento Duro

O custo de substituição de componentes que se desgastam ou são danificam durante um serviço levou ao desenvolvimento de um vasto leque de técnicas conhecidas como revestimento duro, que pode restaurar as partes dando condições de reutilização.

Muitos desses reparos tem vida mais longa que o componente original devido à possibilidade de depositar revestimentos mais resistentes ao desgaste, impacto, abrasão ou corrosão que o material original. O revestimento duro é particularmente associado com maquinaria de terraplenagem, fornos de cimentos e britadores e indústrias de transformação.

a.camargo soldagem

FCAW – Soldagem com Arames Tubulares

A soldagem com arame tubular (FCAW) é um processo similar ao MIG/MAG no que diz respeito aos equipamentos utilizados e aos princípios de funcionamento.

Como no processo MIG/MAG, o processo de soldagem com arame tubular depende da proteção de um gás para proteger a poça de fusão da contaminação da atmosfera. O gás pode ser introduzido à parte, sendo nesse caso um processo de soldagem com arame tubular de proteção à gás, ou pode o gás ser gerado a partir da decomposição dos ingredientes contidos no fluxo (arame autoprotegido). Além do gás de proteção, o arame tubular pode produzir uma escória para proteção extra do metal soldado à medida que ele é resfriado.

soldas acamargo

MIG/MAG

Na soldagem MIG (Metal Inert Gas) ou MAG (Metal Active Gas), um arco é mantido entre o arame sólido e a peça de trabalho. O arco e a poça de solda são protegidos por um gás inerte ou um ativo. O processo é adequado para muitos materiais e os fios do metal de adição são utilizáveis em uma extensa gama de metais.

A soldagem MIG/MAG é definitivamente mais produtiva que a soldagem MMA, onde perdas da produtividade ocorrem cada vez que o soldador pára para substituir o eletrodo consumido. Perdas de material também resultam da soldagem MMA quando o fragmento de cada eletrodo é descartado. O processo é amplamente utilizado na fabricação de peças em aço de espessuras pequenas e médias e em estruturas de liga de alumínio, particularmente onde uma alta taxa de operação é requerida.

acamargo

TIG

Soldagem TIG (Tungsten Inert Gas) é um processo que utiliza um eletrodo sólido de tungstênio não consumível. O eletrodo, o arco e a área em volta da poça de fusão da solda são protegidos por uma atmosfera protetora de gás inerte.

Soldagem TIG pode ser usada para quase todos os metais e o processo pode ser manual ou automático. A soldagem TIG é largamente utilizada para solda com alumínio e com ligas de aço inoxidável onde a integridade da é de extrema importância. É também utilizada para juntas de alta qualidade em indústrias nucleares, químicas, aeronáuticas e de alimentos.

soldas acamargo

 

E tudo o que você precisar para qualquer processo de solda você encontra aqui na A.Camargo!

LINHA DE SOLDA A.CAMARGO